segunda-feira, fevereiro 22, 2010

Lacinhos...


Senhor guarda, eu vou tentar explicar o que aconteceu.
Eles eram não mais que uma dúzia. Com idades compreendidas entre os 6 e os 14 anos. Rapazes e raparigas. Ninguém dava nada por eles. O que é certo é que me enfardaram um enxerto de pancadaria que já via tudo a preto e branco. Só me lembro que dois deles usavam uns laços branços. A menina loira e o puto com cara de osga. Mas não se deixe enganar pelas carinhas deles. Isto é coisa para fazer rebentar um guerra. Ainda por cima, ouvi dizer que o pai desses de lacinho branco era padre. Mas eles de santos não tinham nada. Raios os partam. O que fiz eu para merecer isto? Deve ser por ser gato preto...

1 comentário:

José Goulão disse...

este não passa desta semana...