quinta-feira, janeiro 06, 2011

Vet...

Tenho um amigo que é veterinário. Neste Natal deu-me uma das maiores prendas que já me deram: uma folha de papel.
Há amigos assim, que pensamos que não conhecemos bem mas que nos conhecem como ninguém, que estão sempre lá mesmo sem assumirem protagonismo, que tomam conta de nós quase sem darmos por isso, que estão atentos ao que nos faz bem e fazem de tudo para preservar o nosso bem estar sem pedirem nada em troca. Não é só este amigo que me faz isto, mas ele é veterinário, é entendido em felinos.
Também sou assim com algumas pessoas. Gosto de ser. É bom. Sabe bem. Fazer bem aos outros só porque sim faz-nos viver para além da nossa própria vida...

2 comentários: