terça-feira, junho 21, 2011

Perfect...

Segundo a lei da compensação, hoje, neste dia, numa terça-feira (o pior dia da semana), no primeiro dia de Verão de 2011 e num cenário de crise internacional, a minha vida está perfeita. Resumidamente, tenho tudo aquilo que sempre sonhei ter e não tenho aquilo que sempre sonhei não ter.
Tenho a gata ideal para mim, o trabalho com que sempre fantasiei, a casa no lugar que desejava (com as assoalhadas necessárias, a disposição que eu precisava, o preço em conta e que se dizia ser quase impossível de encontrar), o carro com o estilo certo e sem ser de uma marca ostentosa, uma saúde estável e uma filha a caminho (consegui conceber uma mulher, goddammit!). Tudo isto no prazo de anos que, qual mini-Nostradamus, defini desde criança: os 30 (tal como defini que aos 60 estaria numa cama de hospital com os pés para a cova... bate na madeira, fdx!).
Da mesma forma, as coisas que sonhei não ter são exactamente as que não tenho. Mas também elas são necessárias. São elas que me fazem viver na ponta dos pés, querer ser melhor, querer ser maior, desafiar as minhas capacidades, evoluir. São elas que não me deixam acomodar, que evitam a minha apatia, que não me deixam ficar parado sem ter mais sonhos, mais ambições, mais desejos. Aliás, são as coisas que não tenho que me compensam neste momento e que fazem com que aquilo a que chamo perfeito seja, na realidade, obra do imperfeito.
O que ainda falta fazer é tão importante como o que já foi feito. E é nesse limbo que se encontra o meu ponto de equilíbrio.
Nunca fui de pedir nada mas, pela elaboração dos acasos, as coisas foram-me acontecendo ou chegando até mim. E, ao olhar para trás, vejo que as coisas foram acontecendo numa sequência que eu nunca teria imaginado naqueles desejos de "o que que é que queres fazer quando fores grande". Dei muitos passos por instinto, outros por desespero, outros por mera estupidez, mas tanto os que correram mal como os que correram bem, todos me fizeram chegar a este dia.
Antes que tudo possa começar a correr mal, e porque raramente podemos assinalar o momento em que a nossa vida é aquilo que sempre desejámos, mesmo que secretamente, é magnífico dizer que hoje, a minha vida está perfeita.
Espero que a vida de todos os que lêem este blog também chegue a esse dia. Like a boss!

10 comentários:

Sandrinha disse...

"It's got to be perfect, it's got to be worth it, yeah,
Too many people take second best
But I won't take anything less
It's got to be, yeah, perfect"

Li as tuas palavras até ao fim, sabes que gosto de te ler, mas a minha mente parou na frase "uma filha a caminho"... Afinal o meu puto RASA também cresceu e a vida dele é perfeita!
Agora fiquei mesmo feliz por ti!
Que bom Rui... que bom!

Um beijinho

El Felino disse...

Pois é, babe, há quem case primeiro ;)
Mas sim, crescemos todos, e os passos são cada vez maiores, cada vez mais importantes. Cheguei a um ponto em que senti que estava pronto para dar este. Agora é ver o que se segue.
E, já agora, obrigado também a ti pelo que me deste.
Beijo!

asvezesanoite disse...

Quer dizer que finalmente conseguiste aquela cena com 8 mulheres é isso?
Cabrão...
:)
RQ

Estrelinha... disse...

O meu dia, apesar de longe de perfeito porque estou doente, ficou agora melhor por te saber tão completo.
Beijo beijo

El Felino disse...

RQ: 8 mulheres? Pff, pra meninos! :D

El Felino disse...

Little star: sabes que foste (e és) uma das responsáveis por me fazer chegar até este ponto... "mas enquanto houver estrada para andar, a gente vai continuar" ;) I'll get you there too, babe. Tu mereces.

Mara disse...

Já vim e fui "n" vezes sempre com a sensação de que queria dizer alguma coisa, mas tu já disseste tudo - ou quase. É muito bom quando a nossa alegria e perfeição - nem que seja só por um dia - consegue contagiar todos os que nos rodeiam. E tu contagiaste-me :) Estou feliz por ti! (E sempre era XX :))

El Felino disse...

Fico feliz.
Obrigado por tudo, babe ;)
Beijos!

Mári len disse...

PARABÉNS!!!!e sabes o melhor em ler as tuas palavras???já não sinto tão sozinha!:)a vida perfeita é aquela que idealizamos, quando faço uma auto-avaliação da minha, sinta-a assim do gostondechegueieagoraécontinuarobomtrabalho! mas a insatisfação geral que me/nos rodeia(m),nem sempre, mas às vezes fazem-me pensar se não me devia faltar mais qualquer coisa!:)
btw,a girl????quem gosta de mulheres é assim!;p
very happy for you!

El Felino disse...

Tanx, babe! E nesta miríade de experiências e evoluções, foi bom voltar a encontrar-te. De todas as pessoas com quem mantenho contacto, és de longe a pessoa que conheço à mais tempo. It's nice! ;)
E sim, com uma gatinha on the way, a minha paixão pelo universo feminino vai entrar numa nova dimensão. Só espero conseguir estar à altura...
Beijos!